Como corrigir um erro interno de 500 servidores no WordPress na Hostinger?

David Galov

Last Updated January 2021

O erro interno 500 do servidor WordPress é relativamente comum e acontece com frequência no universo da internet, e existem vários motivos que podem ocasionar essa mensagem de erro no seu website. 


Enquanto um erro 404 é mais fácil de encontrar seu motivo (hiperlink quebrado ou endereço URL das páginas alteradas), descobrir o que causou um erro 500 pode não ser uma tarefa tão fácil.

Os principais motivos do erro HTTP 500 podem ser:

  • Arquivos .htaccess corrompidos 
  • Permissões de arquivo incorreto
  • Tempo limite de script 
  • Versão do PHP incompatível 
  • Template ou plugins com versões diferentes
  • Atualizações do WordPress, entre outros motivos.

Caso não seja nenhum desses motivos, você pode rastrear as ações que foram realizadas no site. Procure entender se o site WordPress parou de funcionar depois de algum evento especifico, como a instalação de um template ou a atualização. 


Caso você descubra o que causou o erro no servidor, será uma tarefa mais simples para resolver.


Preparamos esse artigo com os motivos e soluções possíveis para consertar o erro HTTP 500 do seu site WordPress.


Atenção! Antes de começar, recomendamos que você faça um backup do seu site, para que dessa forma, você evite a perda de arquivos do seu projeto online.

Erro 500 do servidor WordPress: Possíveis causas e suas soluções

Confira a lista com as causas e soluções para resolver o seu problema no site WordPress.

1. Erro 500 causado por plugin

Erro por causa da instalação ou atualização de um plug-in

Se o seu website caiu depois da instalação de um plug-in ou atualização, você pode desativar ou removê-lo.


É possível desativar ou excluir o plug-in pelo WordPress Dashboard ou através do Gerenciador de Arquivos:


# Solução de erro do plugin pelo WordPress Dashboard


Vá no painel de controle do seu site WordPress, e no menu lateral da esquerda, procure a opção de “Plugins” e vá em “Plugins instalados” (Installed Plugins).


Procure o ultimo plug-in instalado e clique em “Desativar” (Deactivate).


Depois dessa etapa, abra novamente o seu site para ver se o problema foi corrigido. Se o erro continua aparecendo, você pode desativar todos os plugins para descobrir qual está sendo responsável pelo erro. 


Após encontrar o motivo do problema, você pode:

  • Encontrar um plugin substituto 

  • Entrar em contato com o desenvolvedor dos plugins para verificar o porquê está acontecendo a incompatibilidade com o WordPress 


# Solução de erro do plugin pelo Gerenciador de Arquivos ou FTP


Em alguns casos, o erro 500 Hostinger no servidor pode fazer com que o painel do site não funcione, e nessa situação, podemos desativar ou excluir os plugins indesejados pelo Gerenciador de Arquivos, que está localizado no painel de controle de hospedagem de site ou cliente FTP. 


Vá até o diretório do WordPress e digite o diretório wp-content/plugins e após encontrar o plugin que está dando erro, você terá duas opções:

  • Renomear o diretório do plugin para desativar: Você pode adicionar .disabled no final para que não seja difícil encontrar os plugins que foram desativados 

  • Excluir o diretório de plugin para removê-lo completamente 


Agora, vá no site e veja se o mesmo está funcionando normalmente. Caso não, desabilite os outros plugins até a página voltar a funcionar. 


Aqui você também pode escolher entre encontrar um plugin substituto ou entrar em contato com os desenvolvedores para descobrir se existe uma forma de implementar o plugin otimizado para o seu WordPress.

2. Erro 500 causado pela instalação de um tema ou atualização

Se o seu site parou de funcionar depois de uma nova instalação de tema ou atualização, é possível reparar o erro alterando o tema pelo WordPress Dashboard ou via phpMyAdmin.


# Solução de erro do template através do WordPress Dashboard 


No menu lateral esquerdo do painel de controle, procure “Aparência” (Appearance) e clique em “Temas” (Themes). 


Escolha um outro tema e clique em “Ativar” (Activate) e depois que receber a mensagem de confirmação, vá para o seu site e o atualize para saber se esse procedimento deu certo.

Erro 500 hostinger causado

# Solução de erro do template através do phpMyAdmin

 

Para alterar o tema pelo seu banco de dados MySQL, que está localizado no painel de controle da sua hospedagem, você pode localizar a tabela wp_options e ir até a página 2.


Se o painel de controle WordPress não estiver funcionando, não será possível realizar esse procedimento.


Agora, procure o modelo de seções e a folha de estilo e veja qual tema poderá usar para substituir o atual. Com o gerenciador de arquivos, direcione para o diretório wp-content/themes.


Faça uma cópia do nome do tema que irá usar para alterar os valores de modelo e folha de estilo no baco de dados.


Atualize o seu website para ver se o erro foi corrigido. Se o problema foi, de fato, causado pelo tema WordPress, você pode instalar esse mesmo template antigo novamente ou entrar em contato com o criador ou provedor do tema para saber como implementá-lo. 

3. Erro 500 causado pelo arquivo .htaccess

Se o seu arquivo .htaccess atual estiver corrompido, seja por causa de a instalação de um novo plugin ou por alguma alteração especifica no site, podemos resolver essa situação com a criação de um novo arquivo .htaccess. 


No painel de controle da sua hospedagem, vá em “Arquivos” e depois clique em “Gerenciador de Arquivos”. É possível usar um cliente FTP (como o FileZilla) para fazer essa ação.


Vá até o diretório do seu site e procure o arquivo .htaccess e desative-o. Para desativar, você pode apenas mudar o nome do arquivo original.

 

Se localizar os arquivos como wp-content e wp-includes, você está no diretório do seu site WordPress.


Em seguida, você pode criar um novo arquivo .htaccess fazendo o upload do código padrão .htaccess do WordPress:


# BEGIN WordPress

<IfModule mod_rewrite.c>

RewriteEngine On

RewriteBase /

RewriteRule ^index\.php$ - [L]

RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f

RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d

RewriteRule . /index.php [L]

</IfModule>

# END WordPress


Após fazer essas alterações, salve o arquivo. Se após abrir o seu site o erro do servidor 500 não foi corrigido, existe outra alternativa que iremos falar no tópico abaixo.

4. Erro 500 causado pelos limites do PHP

Caso nenhuma das alternativas acima tenham funcionado para resolver o seu problema, a falta de memória ou valores de PHP insuficientes poderão ser o motivo que vem ocasionando o erro 500 Hostinger no servidor.


Essa situação pode acontecer, já que alguns scripts ou plugins podem exigir uma determinada quantidade de memória para funcionar perfeitamente. 


Outro possível fator é que durante o carregamento do site, o navegador faz um alto número de solicitações para carregar o conteúdo das páginas, além dos scripts e plugins. Se não houver memória suficiente, o erro do servidor interno pode surgir na sua tela.


Por esses motivos, aumentar a memória do website e outros valores do PHP com a ajuda do arquivo .htaccess pode ser uma solução. Para fazer essa alteração, adicione as seguintes linhas:


php_value upload_max_filesize 128M

php_value post_max_size 128M

php_value max_execution_time 300

php_value max_input_time 300

php_value memory_limit 256M

Erro 500 causado pelos limites do PHP

Salve as alterações e atualize o seu website para descobrir se o problema foi solucionado.

5. Erro 500 causado pela versão do PHP

Existem alguns plugins ou scripts que necessitam uma versão especifica do PHP, e para saber se esse é o motivo do erro 500 Hostinger da sua página WordPress, você pode fazer um teste e alterar a versão do seu PHP através da seção de “Configuração PHP”, que está localizada no painel de controle do seu website.


Não se esqueça de salvar a nova configuração para testar se o erro foi resolvido.

Erro 500 hostinger causado pela versão do PHP

Se após testar todas as versões do PHP, o erro persistir, volte para a versão PHP que estava anteriormente e siga para o próximo tópico para testar outra estratégia.


6. Ativar a exibição de erros para encontrar o motivo do erro 500


Caso nenhuma das opções acima tenham resolvido o seu problema, você pode investigar e encontrar uma parte especifica no código que esteja causando os problemas existentes, ao ativar a exibição de erros.


Na seção de “Configuração do PHP” no painel de controle da sua hospedagem, você pode habilitar a função “Exibição de Erros” (Display Errors) e salvar. 

Erro 500 wordpress hostinger

Após atualizar o seu site, os erros no código serão exibidos e você consegue abrir o arquivo que foi mencionado nessa análise para corrigir a linha incorreta. 


Caso você não saiba como proceder, é possível navegar nos fóruns do WordPress ou entrar em contato com o desenvolvedor para saber mais informações de como corrigir esse código, ou criar um arquivo de log de erro separado e gerar entradas para ele com o auxílio do .htaccess 


7. Restauração do backup WordPress para solucionar o erro 500


Uma outra alternativa é restaurar o backup do seu site de quando ele funcionava perfeitamente. Essa é uma das soluções mais eficientes para recuperar o seu website se você  não souber o que causou o erro no servidor.


Caso você não saiba como realizar os backups manuais, existem ferramentas que poderão te auxiliar nesse processo, como o plugin All-in-One WP Migration.

backup WordPress para solucionar o erro 500


O ideal é você realizar backups frequentes de diferentes versões do seu site, para que seja possível resgatar o seu projeto online sem correr riscos de perder as configurações e informações mais recentes do seu website.


8. Recarregar os principais arquivos do WordPress para corrigir o erro 500


Se nenhuma das alternativas anteriores deram certo, existe uma opção mais drástica que só deverá ser feita em último caso.


Atenção: Para evitar perder os arquivos do seu site, faça um backup antes de iniciar esse processo.

Faça o download da versão mais recente do WordPress e exclua o arquivo wp-config-sample.php e a pasta wp-content para evitar sobrescrever os dados importantes.


Em seguida, mova todos os principais arquivos para o local do site e substitua-os.


Você pode fazer esse procedimento com o auxílio do FileZilla FTP.


A próxima janela irá perguntar se deseja sobrescrever (overwrite) os arquivos existentes, e você pode selecionar a opção para sobrescrever e aplicar apenas à fila atual (apply to current queue only) para que todos os arquivos da pasta desejada sejam substituídos.


O upload desses arquivos pode demorar de 10 a 20 minutos para concluir, e se o erro 500 Hostinger foi causado por algum problema nos arquivos do núcleo, essa estratégia poderá ser eficiente para resolver o seu problema.

Conclusão

Se nenhuma das alternativas acima derem certo, você pode começar o seu site do início, e é possível restaurar o seu website WordPress por um backup do banco de dados MySQL. 


A melhor maneira de corrigir o erro 500 do servidor WordPress é sabendo onde procurar o problema. Por isso é interessante fazer vários backups de diferentes versões do seu site, e rastrear as últimas ações que foram feitas antes do erro aparecer. 


Repare que, se o erro surgiu após a instalação ou atualização de um plugin, ou template, será mais fácil de corrigir o problema ao saber a sua causa.


Na maioria dos casos, os problemas são corrigidos ao executar uma dessas ações que mencionamos no artigo, e um único “/” que estiver fora do lugar pode causar esse erro, ou até mesmo os plugins ou temas que estão apresentando alguma falha podem ocasionar essa mensagem. 


Se quiser saber mais informações sobre a Hostinger, a nossa equipe preparou uma análise completa sobre a empresa, confira:


A Hostinger é confiável? Review detalhada no Brasil em 2021